sábado, 31 de julho de 2010

Ser e viver


Queridos amigos, agora o tempo está muito corrido pra mim... Não quero desistir do blog, e nem posso. Sempre que possível farei novas postagens e visitarei todos.
Desistir do blog, é desistir do que eu já senti, todos os posts estão relacionados as alegrias e tristezas do meu dia.


"Como eu queria viver de um sonho, onde tudo é possível, onde tudo está ao meu alcance.. Mas eu vivo no mundo real. E pensando bem.. vale a pena, assim eu posso amar, sorrir, chorar, me envergonhar, levantar e continuar lutando."


Beijos meus queridos
Até breve ^^

sábado, 24 de julho de 2010

Com o tempo.. (...)



Com o tempo, os conceitos mudam,
os sonhos mudam, os planos mudam
e até a vida muda !
Mas não se mudam princípios e valores.
Mudei e continuo igual, assim é o ser humano,
tão coerente em suas contradições!



(...)

terça-feira, 20 de julho de 2010

Ando pensando.. (...)



Ando pensando na definição de amor e de felicidade, mas acho que algumas coisas são melhores quando são sentidas do que quando são definidas, classificadas e escritas.


(...)

segunda-feira, 12 de julho de 2010

As pessoas... (Caio Fernando Abreu)



As pessoas suportam tudo, as pessoas às vezes procuram exatamente o que será capaz de doer ainda mais fundo, o verso justo, a música perfeita, o filme exato, punhaladas revirando um talho quase fechado, cada palavra, cada acorde, cada cena, até a dor esgotar-se autofágica, consumida em si mesma, transformada em outra coisa que não saberia dizer qual era.


Caio Fernando Abreu

domingo, 11 de julho de 2010

Se esticar o braço, .. (nina)



Se esticar o braço, toco-te.
E ao tocar-te fervo-me por dentro.
Mas não mostro NUNCA, ou quase nunca.
Permito-te apanhar-me em falso e nessas
poucas vezes, arrisco tudo. 
O mundo, o sonho e a dor depois...
mas tu estas mesmo aqui ao lado. 
No toque que aquece o frio, na ternura
primitiva das tuas mãos em meus seios.
Tão perto e tão demasiado longe de seres meu.


Nina

sábado, 10 de julho de 2010

..parei para pensar..



"...parei para pensar onde errei, onde acertei, que caminhos deveria ter percorrido,quais os que tropecei...tantas perguntas,tão poucas respostas."

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Acho que... (Clarice Lispector)



Acho que devemos fazer coisa proibida – senão sufocamos.
Mas sem sentimento de culpa e sim como aviso de que somos livres.

Clarice Lispector

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Eu acredito... (Maria de Queiroz)



Eu acredito em profundidades... e tenho medo de altura, mas não evito meus abismos.
São eles que me dão a dimensão do que sou.
Maria de Queiroz

sábado, 3 de julho de 2010

Se tudo fosse... (...)



Se tudo fosse tão simples de dizer
as frases morriam na boca
mesmo antes da palavra nascer.
Se tudo fosse tão fácil de sentir
o amor não fazia estragos na hora de fugir.
Se tudo fosse tão simples de ver
os olhos abriam-se antes de tudo acontecer.
Se tudo fosse tão fácil de suportar
o meu peito não se queixava desta constante falta de ar.
Como nada é fácil,
escolhi a maneira mais dificil de te esquecer...
Vivo a relembrar-te, prendendo-me sempre em ti.



(...)