sexta-feira, 15 de abril de 2011

Pablo Neruda


"Vivo para florescer outros jardins e sem perceber o meu se abarrota de rosas e manacás
...Vivo cada dia como se fosse cada dia. Nem o último nem o primeiro - o único". 

(Pablo Neruda)

3 comentários:

Nadia disse...

Adoro esta passagem do Pablo Neruda :) ainda bem que estás de volta amiga, já tinhamos todos saudades dos teus posts :P e cada dia é por si só uma vida

Evelyn Colaço . disse...

Viva, viva!
Não há outro modo de passar pela vida a não ser vivendo.

Beijos.

Carlos Leite disse...

Palavras magníficas.
Adoro Pablo Neruda!
Muito obrigado por partilhar.
Se me permite, já estou a seguir o seu blog.


Atenciosamente,
Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com